No sexto vídeo, iremos apresentar:
- Exercício para que você PERCEBA O VALOR DA SUA ESSÊNCIA ao listar TRAÇOS DE PERSONALIDADE que você valoriza e possui
- Exercício CRIANDO O HÁBITO DE PENSAMENTOS DE AFIRMAÇÃO DE SUA ESSÊNCIA. Frases que pessoas com boa autoestima tipicamente tem consigo mesmas
- OS BÁSICOS SOBRE AMOR INCONDICIONAL. Cultivando o amor próprio.
- EXPERIÊNCIA CORRETIVA Nº1: ACHAR E AMAR SUA ESSÊNCIA
- EXPERIÊNCIA CORRETIVA Nº2: ABRAÇANDO SUA CRIANÇA INTERNA PERDIDA

PERCEBA O VALOR DA SUA ESSÊNCIA

Essa atividade consiste em 3 partes.
Parte 1 liste alguns traços de personalidade que descrevem pessoas.
Parte 2 se permita explorar traços que são especialmente importantes para você.
Parte 3 irá ajudá-lo a perceber como suas respostas demonstram que você tem valor.

PARTE 1: TRAÇOS DE PERSONALIDADE
Para cada traço de personalidade listado, se dê uma nota de 0 a 10: O significa total ausência desse traço (ou seja, você nunca demonstrou esse traço), e 10 significa que esse traço está totalmente desenvolvido (ou seja, você demonstra esse traço tão bem como qualquer humano poderia).
Altas notas não significam mais valor. Lembre-se que valor próprio já é dado e é igual para todos. Nessa atividade você só irá notar de que formas únicas você atualmente EXPRESSA seu valor. 

  • INTELIGÊNCIA/QI
  • CARÁTER (ÉTICA, HONESTIDADE, MORALIDADE, JUSTIÇA, INTEGRIDADE)
  • CRIATIVIDADE/SOLUÇÕES DE PROBLEMAS
  • JULGAMENTO/SABEDORIA
  • BONDADE/COMPAIXÃO
  • HUMOR
  • RESPEITO/CONSIDERAÇÃO COM OS OUTROS
  • AUTO-RESPEITO
  • POTENCIAL DE CRESCIMENTO, MELHORIAS E MUDANÇA

PARTE 2: TRAÇOS DE PERSONALIDADE ADICIONAIS
Liste 5 traços adicionais que descrevem a forma como você contribui para seu bem-estar e de outros. Pense nas 13 virtudes de Benjamin Franklin (temperança, silêncio, ordem, resolução, frugalidade, diligência, sinceridade, justiça, moderação, limpeza, tranquilidade, castidade e humildade) ou outros atributos que possui (por exemplo, simpatia, sensibilidade, amor, introspecção, determinação, coragem, alegria, gentileza, etc)

Agora se dê uma nota para seu desenvolvimento nesses traços.

PARTE 3: INTERPRETAÇÃO
Porque os humanos são tão complexos e diversos, o padrão revelado nesse exercício é sem dúvida diferente de pessoa pra pessoa. 

Essa atividade revela um retrato pessoal único e complexo de atributos em vários estágios de desenvolvimento. O que emerge dessa composição é uma consciência mais plena do valor da sua essência. 

O valor próprio é muito similar a uma pintura clássica: algumas cores são claras, outras embotadas. Cada uma complementa as outras. Juntas, as cores formam um todo único.

E sobre os traços com notas baixas? Existem pelo menos duas formas de ver isso. Uma é se valorizar como se fosse um bonito diamante, com suas falhas inevitáveis. Alternativamente, você pode ver traços com notas baixas como áreas com grande potencial de melhoria, e saborear o desafio.

Por favor responda às seguintes perguntas:

  • A. Conforme você ponderava sobre suas respostas na parte 1 e 2, quais traços você se sente melhor?
  • B. Os traços que eu me dou maior crédito são: __________
  • C: Vamos considerar o Self como uma analogia para uma pintura. Se um observador imparcial fosse considerar o retrato todo, onde provavelmente "a luz brilharia mais"? Em outras palavras, se uma pessoa fosse gastar um tempo para ver você como você realmente é no presente, quais áreas essa pessoa iria gostar ou apreciar mais?
  • D. Dessa atividade, aprendi que _________________

 

CRIANDO O HÁBITO DE PENSAMENTOS DE AFIRMAÇÃO DE SUA ESSÊNCIA

Aqui está uma lista de afirmações representando o diálogo que pessoas com boa autoestima tipicamente tem consigo mesmas:

  1. Penso bem de mim mesmo. Isso é bom.
  2. Eu me aceito porque eu percebo que eu sou mais do que meus pontos fracos, erros ou qualquer outro fator externo.
  3. Crítica é um externo. Eu as examino como caminhos para melhorar, sem concluir que a crítica me faz menos valorosa como pessoa.
  4. Posso criticar meu próprio comportamento sem questionar meu valor como ser humano.
  5. Noto e aprecio cada sinal de conquista ou progresso, não importa quão insignificante isso possa parecer para mim mesmo ou para os outros.
  6. Eu aprecio as conquistas e progressos que outros alcançam, sem concluir que eles são mais valorosos que eu como pessoa.
  7. Sou geralmente capaz de viver bem, e aplicar o tempo, esforço, paciência, treinamento e assistência necessários para tal.
  8. Espero que os outros gostem de mim e me apreciem. Se eles não, está tudo bem.
  9. Geralmente posso ganhar a confiança e afeto das pessoas através de um tratamento sincero e respeitoso. Se eles não, está tudo bem.
  10. Geralmente demonstro bom senso nos relacionamentos e trabalho.
  11. Posso influenciar os outros pelos meus pontos de vista bem fundamentados, aos quais posso apresentar e defender efetivamente.
  12. Gosto de ajudar os outros a apreciar a si mesmos.
  13. Gosto de novos desafios e não fico perturbado quando as coisas não saem bem logo de cara.
  14. O trabalho que faço geralmente é de boa qualidade, e espero fazer muitas coisas de valor no futuro.
  15. Estou ciente das minhas forças e as respeito.
  16. Posso rir de algumas coisas ridículas que faço às vezes.
  17. Posso fazer a diferença na vida das pessoas através das minhas contribuições.
  18. Gosto de fazer os outros se sentirem felizes e satisfeitos pelo tempo que passamos juntos.
  19. Me considero uma pessoa de valor.
  20. Gosto de ser um retrato sem igual. Fico contente de ser único.
  21. Gosto de mim mesmo sem comparações com os outros.
  22. Me sinto estável e seguro internamente porque eu considero minha essência devidamente.

Agora, usando as afirmações acima, faça a seguinte atividade. 

  1. Sente em um lugar calmo e confortável, onde irá permanecer por 20 minutos.
  2. Feche os olhos. Respire profundamente e relaxe seu corpo tão completa e profundamente quanto possível. Prepare-se, e espere, uma experiência prazerosa.
  3. Abra os olhos ligeiramente e leia a primeira afirmação. Então feche os olhos e se concentre na afirmação. Repita devagar para si mesmo 3 vezes, permitindo a si mesmo de sentir como se as afirmações fossem completamente acuradas. Você pode tentar imaginar a si mesmo em uma situação na qual você de fato pensa e acredita na afirmação. Use todos os seus sentidos para experimentar a situação.
  4. Não se preocupe se uma afirmação não parece se aplicar à você ainda. Apenas pense como uma prática que requer paciência para criar um novo hábito mental. Não permita que pensamentos negativos ou pessimistas te distraiam ou minem seu progresso. Aceite o que quer que aconteça, sem demandar perfeição. Se uma afirmação não parece certa, pule para a próxima e retorne à ela depois. Ou modifique-a para que pareça mais correta pra você; certifique-se de mantê-la positiva.
  5. Repita o passo 3 para cada afirmação
  6. Repita essa atividade cada dia por 6 dias.
  7. Todo dia, após fazer essa atividade, perceba como você se sente. Muitos notam que com a prática os pensamentos começam ficar mais e mais confortáveis, se tornando como amigos confiáveis. Os pensamentos que não se tornarem confortáveis em 6 dias provavelmente irão se tornar quando você voltar a eles depois de completar o restante deste livro. 

 

FATOR 2
OS BÁSICOS SOBRE AMOR INCONDICIONAL

Como o psicólogo Abraham Maslow disse "A necessidade de amor caracteriza cada ser humano nascido... Nenhuma saúde psicológica é possível sem que sua essência seja aceita, amada e respeitada"

Quando as pessoas não possuem uma opinião realista e apreciativa sobre si mesmas, elas geralmente se tornam socialmente carentes. Ou seja, elas se voltam para os outros procurando pela aprovação - de sua essência - que nelas falta e elas querem desesperadamente. Elas podem sufocar os outros e secá-los. Quando suas inseguranças afastam as pessoas, a rejeição é devastadora. Ainda que eles ganhem a estima dos outros, essa é a outra-estima, não auto-estima. A estima dos outros não é substituta para a autoestima segura. 

Então o curso prudente é primeiro se responsabilizar pela fonte de amor que você pode de fato depender: você.

Como o valor próprio, o amor deve ser incondicional, inabalável pelas frustrações temporárias, e independente de auto-avaliações diárias. "Ainda que eu tenha tido um desempenho pobre, eu ainda me amo"

As pessoas não podem amar os outros se não amam a si próprias, e mesmo um amor genuíno, maduro de outra pessoa não pode reverter o não gostar de si mesmo.

"Cada indivíduo foi criado para amar e ser amado. Existe uma fome maior que a fome de pão... a fome de amor." Madre Teresa

Alguns pensam que colocar suas preocupações ou traumas reprimidos no papel os liberam, causando grande alívio. Alguns pensam que ao escrever sobre essas preocupações e traumas as pessoas ganham distância, objetividade, perspectiva e em alguns casos soluções. Pessoalmente, penso que existe outra razão: escrever sobre sentimentos nos faz reconhecê-los e honrá-los, que são tipicamente negados à pessoas que tem sua vida baseada na vergonha (ou seja, pessoas que se sentem más na essência). Escrever sobre seus sentimentos é uma forma de amar a si mesmo.

 

EXPERIÊNCIA CORRETIVA Nº1: ACHAR E AMAR SUA ESSÊNCIA

A proposta desse exercício de 5 passos é achar e amar sua essência, ou sua criança interna.

  1. Primeiro, escreva os nomes dos seus amigos mais queridos, membros da família, parceiros amorosos, pessoas que você sente ou se sentiu bem ao lado; pessoas que fazem você se sentir acolhido, salvo, aceito e amado. Primeiro identifique casais, depois indivíduos (incluindo amigos, colegas e professores)
  2. Ache um lugar para se sentar em silêncio e confortavelmente, onde não será perturbado por aproximadamente 15 minutos.
  3. Respire profundamente 2 vezes
  4. Imagine a si mesmo como uma criança, cercada de pessoas amorosas. Essas podem ser as pessoas que identificou ou 2 adultos amorosos. Pode imaginar seus pais, ou como os pais que você gostaria de ter tido.
  5. Quando criança você precisava ouvir as palavras na lista abaixo. Imagine a si mesmo ouvindo essas afirmações, alternadamente, de cada pessoa.
  6. Estamos tão contentes que está aqui.
    Bem vindo ao mundo.
    Bem vindo à nossa família e lar.
    Estamos tão felizes que você é um garoto (ou garota).
    Você é lindo(a).
    Todas nossas crianças são lindas.
    Queremos ficar perto de você, te abraçar e te amar.
    Algumas vezes você irá sentir alegria e vontade de sorrir, outras tristeza, dor, raiva e preocupação. Esses sentimentos são todos OK para nós.
    Estaremos aqui para você.
    Te daremos todo tempo que precisar para que suas necessidades sejam atendidas.
    É OK vaguear, separar, explorar e experimentar.
    Nós não vamos abandoná-lo(a).

    Imagine as pessoas que estão falando essas palavras te embalando, amando, e gentilmente contemplando com olhos de amor conforme você responde à esses sentimentos.

    Pratique essa imagem por 2 dias consecutivos antes de começar a próxima experiência corretiva

     

EXPERIÊNCIA CORRETIVA Nº2: ABRAÇANDO SUA CRIANÇA INTERNA PERDIDA

Novamente, ache um lugar onde você possa refletir, sem ser incomodado, por pelo menos 15 minutos. Relaxe e foque na sua respiração por alguns minutos. Esteja atento à sua respiração, ciente do ar que você inspira e expira. Agora imagine a seguinte situação, usando pronomes masculinos ou femininos apropriados:

Você está está descendo uma grande escadaria. Desça devagar, e conte de 10 a 0. Quando chegar à base da escadaria, vire à esquerda e ande pelo longo corredor com portas na sua direita e na sua esquerda. Cada porta tem um símbolo colorido nela. Conforme olha para o final do corredor, você irá perceber que existe um campo de força de luz. Caminhe através da luz e volte no tempo para a rua que você morava antes de ter sete anos de idade. Desça a rua até a casa onde você viveu. Olhe para a casa. Perceba o telhado, a cor da casa, as janelas e as portas. Veja uma criança pequena saindo da porta de entrada. Como essa criança está vestida? Qual a cor dos sapatos dessa criança?

Caminhe até essa criança. Diga a ela que você vem do futuro dela. Diga a ela que você sabe mais que qualquer pessoa tudo que ela está passando. Seu sofrimento, abandono, sua vergonha. Diga a ela que de todas as pessoas que ela irá conhecer, você é o único que ela nunca irá perder. Agora pergunte a ela se está disposta a ir pra casa com você. Se não, diga que você irá visitá-la amanhã. Se sim, segure na mão dela e comece a ir embora. Sinta o calor e a alegria daquela pequena mão e de estar com aquela pequena pessoa. Conforme vocês vão embora, veja sua mãe e pai saindo da varanda. Acene adeus a eles. Olhe sobre seu ombro conforme continua indo embora e veja seus pais se tornando menores e menores até terem sumido completamente.

Vire a esquina e veja seu poder superior e seus amigos mais queridos esperando por você. Abrace todos eles e autorize seu poder superior a entrar em seu coração. Veja todos abraçando a criança com alegria. Abrace sua criança e sinta seu abraço caloroso. Segure a criança na sua mão e deixe ela diminuir até o tamanho da sua mão. Ou abrace a criança e sinta ela ser absorvida dentro de você, te preenchendo com toda sua alegria, esperança e potencial. Diga a ela que você está colocando-a em seu coração para que você possa sempre carregá-la com você. Prometa a ela que irá visitá-la por 5 minutos por dia. Escolha um horário exato. Comprometa-se com esse horário.

A seguir, imagine que você caminha para um lindo lugar a céu aberto. Pare no meio daquele lugar e reflita sobre a experiência que acabou de ter. Sinta um senso de comunhão consigo mesmo, com seu poder superior e com todas as coisas. Agora olhe para o céu; veja as nuvens púrpuras e brancas formar o número 5. Veja o 5 virar um 4, perceba seus pés e pernas. Veja o 4 virar 3, sinta a vida em seu estômago e braços. Veja o 3 virar 2, sinta a vida em suas mãos, rosto e no corpo todo. Saiba que você está para ficar completamente acordado- apto a fazer todas as coisas com sua mente completamente desperta. Veja o 2 virar 1 e desperte completamente, relembrando dessa experiência. 

Consiga uma foto de si mesmo, se puder, para se lembrar da criança que existe dentro de você. Pratique essa imaginação por 2 dias consecutivos.

 

 

Livros recomendados: 
Os Jogos Da Vida de Eric Berne
The Self-Esteem Workbook de Glenn R. Schiraldi

Termos relacionados: autoestima, auto-estima, auto estima, autoestima baixa, melhorar auto estima, amor próprio, autoconfiança, aumentar auto estima, baixa autoestima, levantar auto estima, elevar auto estima, como cultivar autoestima, autoestima elevada, autoestima alta, cultivar auto estima, adquirir auto estima