O BARCO, AS MARÉS E O DESTINO

Em qualquer etapa da vida, a gente sempre quer mudar algo, chegar em algum lugar que não estamos. 

Mas não basta saber onde queremos chegar, essa é a parte mais fácil. 

Em primeiro lugar, você tem certeza que é um desejo SEU chegar nesse lugar, e não uma meta imposta pela sociedade, família, etc? Se não reconhecer como sendo um desejo seu, está disposto a re-decidir novos rumos e bancar sua escolha perante a sociedade?

AUTOCONHECIMENTO

Dizem que o homem conhece mais o solo da Lua do que o fundo do mar, e que mais de 95% dos oceanos nunca foi visto por olhos humanos. 

Uma situação parecida acontece conosco: Em muitos casos, sabemos tudo sobre a vida de uma celebridade ou de uma vizinha e muito pouco sobre nós mesmos.

A ideia de que preferimos desviar o olhar "pra fora" (espaço sideral / vida alheia) ao invés olhar "pra dentro" (oceanos / eu interior) porque não traz nenhuma vantagem "prática" ou retorno financeiro me parece equivocada.  A possibilidade de descobrir e explorar recursos infinitos (riquezas minerais / forças internas), bem como de se antecipar à catástrofes (zonas de terremotos / conflitos emocionais) compensa o esforço.

AUTONOMIA

Para a Análise Transacional (AT), Autonomia é a possibilidade de recuperar e exercer plenamente três capacidades inatas do ser humano: CONSCIÊNCIAESPONTANEIDADE e INTIMIDADE.

A pessoa autônoma assume as rédeas da própria vida, e é responsável por - e está no controle de - seus próprios sentimentos, pensamentos e comportamentos.
Ao contrário de viver no piloto automático e agir como lhe foi ensinado, a pessoa autônoma decide como quer se sentir, pensar, perceber o mundo e se comportar.

A Análise Transacional (AT), criada em 1958 pelo psiquiatra canadense Eric Berne (10/05/10 – 15/07/70), é uma teoria psicológica de linguagem acessível sobre o pensamento, os sentimentos e o comportamento das pessoas, e, como define a International Transactional Analysis Association (ITAA) "uma teoria da personalidade e uma psicoterapia sistemática para o crescimento e a mudança pessoal".

A Análise Transacional estuda as transações entre os indivíduos, ou a troca de estímulos e respostas (comunicação) entre as pessoas.

EDUCAÇÃO EMOCIONAL: Pai, Adulto, Criança (PAC)

Segundo a Análise Transacional (teoria pioneira sobre inteligência emocional, que promove autoconhecimento auto ajuda), dentro da nossa mente temos 3 personalidades ou estados do ego: um Pai, um Adulto e uma Criança.

Os estados do ego são formas de sentir, se comportar e se expressar.

A compreensão do PAC é fundamental para desenvolvermos autoconsciência, equilíbrio emocional e cura interior

Transação é quando uma pessoa se comunica com outras pessoas ou com ela mesma (diálogos internos).

Cada transação é a soma de um estímulo mais resposta.

Se não há resposta não há transação.

POSIÇÃO EXISTENCIAL: OK E NÃO-OK

São crenças, juízos de valores, conceitos de si mesmo e também em relação às outras pessoas.

Essa posição existencial é formada na infância, de forma muito precoce, baseada nas nossas primeiras experiências.

A Posição Existencial pode ser positiva ou negativa, dependendo da forma como somos tratados pela família e educadores.

RECONHECIMENTO (CARÍCIAS)

Outro conceito da AT é o conceito de Carícias (do original Strokes em inglês). Na verdade essa tradução ficou meio esquisita, então iremos chamar de afeto ou reconhecimento.

A Carícia é uma unidade de reconhecimento humano.
Todos os seres humanos, sem exceção, necessitam de Carícias.
Recém-nascidos precisam de carícias físicas para sobreviver.

JOGOS PSICOLÓGICOS

Um jogo psicológico é uma forma negativa e destrutiva de interagir com outras pessoas e estruturar o tempo. São transações ulteriores (quando a gente diz uma coisa querendo dizer outra) que tem um final previsível.

Mesmo assim as pessoas jogam, seja para confirmar suas crenças, obter reconhecimento (positivo ou negativo), evitar a incerteza quanto ao que fazer com o tempo, evitar a intimidade, a autonomia, etc.

EMOÇÕES AUTÊNTICAS SEGUNDO A ANÁLISE TRANSACIONAL
O conceito de Emoções Autênticas (Emoções básicas) é baseada nos estudos de Charles Darwin, Paul Ekman e Eric Berne sobre as emoções.

De acordo com Eric Berne (fundador da Análise Transacional) existem apenas 5 Emoções Autênticas (que são inatas inclusive em outros animais): Alegria, Afeto, Tristeza, Medo e Raiva

PERSEGUIDOR: NEGANDO SUAS VULNERABILIDADES
SALVADOR: NEGANDO SUAS NECESSIDADES
VÍTIMA: NEGANDO SUAS CAPACIDADES

Quer saibamos ou não, a maioria de nós reage à vida como Vítima. Sempre que nos recusamos a assumir responsabilidade por nós mesmos, nós estamos inconscientemente escolhendo ser Vítimas. Isso inevitavelmente cria sentimentos de raiva, medo, culpa ou inadequação e nos faz sentir traídos e injustiçados.