Os famosos e os duendes da morte


Os famosos e os duendes da morte 2009


Direção: Esmir Filho
Elenco: Henrique Larré, Ismael Cannepele, Tuanne Eggers, Samuel Reginatto, Áurea Baptista
Ano: 2009
País: Brasil
Gênero: Drama
Nota IMDB



Sinopse do filme Os famosos e os duendes da morte:


Um fã de Bob Dylan de 16 anos vê seus dias passarem na frente da internet, obcecado pela figura de uma misteriosa menina.
Enquanto isso, no vilarejo rural onde mora, o alto índice de suicídios parece ter alguma relação com sua obsessão.


Assistir trailer do filme Os famosos e os duendes da morte legendado em português pt br:




Resenha do filme / análise crítica do filme Os famosos e os duendes da morte e seus usos em Cinema Terapia:


Um garoto de 16 anos sem nome, morador de uma cidade interiorana do extremo sul gaúcho, busca saídas para sua angústia. Deslocado, entediado, ele encontra na internet uma janela para escapar do "cú do mundo”. Através da rede, ultrapassa as fronteiras da cidade onde nada acontece, encontra seu lugar e uma emblemática garota chamada Jingle Jangle, com quem se identifica.


O garoto passa o dia assistindo a vídeos de Jingle Jangle, e se conecta com ela através de músicas do Bob Dylan.


Seu único contato com a realidade é Diego, um amigo conformado com quem eventualmente fuma maconha para fugir do tédio.


Uma saída comum na cidadezinha é se jogar da ponte de ferro para a morte. O índice de suicídios no local é tão comum que já não surpreende os moradores.


A mãe do garoto tenta preencher o vazio deixado pelo marido falecido conversando com a cachorra Inês e se hipnotizando na TV. Os dois mal conversam, e cada vez mais o garoto se torna obcecado por Jingle Jangle, que se libertou da opressão da cidade junto com Julian através do suicídio. Aos poucos descobrimos que apenas Julian sobrevive, enquanto Jingle Jangle (que nesse ponto sabemos ser irmã de Diego) é imortalizada na internet.


As cenas finais do filme são controversas: Julian leva o garoto (esperançoso pela possibilidade de sair dali) para além da ponte de ferro e então um suposto encontro entre os 3 (garoto sem nome, Julian e Jingle Jangle) acontece. Alguns verão um garoto descobrindo sua bissexualidade, outros verão um garoto fascinado pela capacidade dos 2 (Julian e Jingle Jangle) de escapar da "prisão" que a cidade representa, outros verão Julian e Jingle Jangle como partes do mesmo garoto, outros entenderão como um sonho do garoto... O final do filme também dá margem à interpretação: o abraço emocionado (quase uma despedida) com a mãe, o garoto sem nome caminhando em direção à ponte...


Um filme atual, que trata de dilemas típicos da adolescência em tempos onde o real dá espaço para o virtual.